Como mudar o teclado Samsung para o Gboard (teclado Google)

Pretende trocar o teclado Samsung pelo teclado da Google? Sem problema, a Samsung dá-lhe liberdade total para usar o teclado que mais gostar, seja ele o Gboard ou até mesmo o Microsoft Swiftkey.

A troca de teclado é um processo bastante intuitivo, e pode ser revertido. Ao nível de funcionalidades, o teclado Samsung evoluiu muito, sendo bastante semelhante ao Gboard, possuindo inclusivamente incluindo a possibilidade de ditar o seu texto. O Gboard continua a possuir uma melhor integração com os serviços Google, amplamente usados no Android (pesquisa, Google Tradutor, etc.).

Como mudar o teclado Samsung para o Gboard

Comece por aceder ao Google Play Store e pesquise pelo Gboard. Proceda à instalação do teclado Google no seu Samsung. Após terminar a instalação, basta abrir o aplicativo (pode abrir diretamente no Google Play Store clicando no botão Abrir). A primeira tela do Gboard irá sugerir a alteração, bastando tocar no botão “Ativar nas Definições”.

Na lista que surge, será necessário ativar o Gboard como opção de método de introdução.

Após ativar a opção “Gboard”, toque em “Teclado padrão” e selecione o Gboard. Está pronto, o seu Samsung irá usar o teclado Google em todas as introduções de texto, incluindo escrita de texto, pesquisas, etc.

Relacionado: Como ocultar aplicativo no Samsung

Como voltar para o teclado Samsung?

Para voltar a usar o teclado Samsung basta aceder às configurações do seu dispositivo e entrar na opção “Gestão Geral”. Agora toque em “Lista de teclados e padrão”, onde poderá escolher novamente o teclado Samsung como o principal.

Existe ainda outra alternativa (pouco “ortodoxa”), que consiste em desinstalar o Gboard, obrigando o smartphone a escolher um teclado alternativo, por padrão o teclado Samsung. Se ficou com dúvidas, envie o seu comentário no formulário abaixo. Até já!

Jorge Sampaio

Jorge Sampaio é um técnico de informática apaixonado pelo sistema operativo Android. Sempre em busca de novas funcionalidades, e testando os limites para partilhar com a nossa comunidade.

Você pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *